• Autor Rosario Carello
  • Ilustrador
  • Coleção Catolicismo
  • ISBN 9789898855794
  • PVP 13,29 € (IVA incluído)
  • preço fixo até fim de dezembro de 2018
  • 1ª Edição junho de 2017
  • Edição atual
  • Páginas 144
  • Apresentação capa mole
  • Dimensões 150 x 230 x 9,5 mm
  • Idade

Um Papa que nos telefona para casa? Que fala ao telemóvel? Nem pensar? No início, parecia uma brincadeira, uma invenção dos jornalistas, mas é a pura verdade: quando o Papa Francisco toma conhecimento de uma situação especial, agarra no telefone e faz a chamada.

É sempre ele a marcar o número e geralmente tem de explicar que «sim, sou realmente o Papa», porque do outro lado pensam que é uma brincadeira. Por vezes, o telefone toca sem resposta, pelo que o Papa deixa uma mensagem e depois tenta novamente. Ouve sempre os problemas das pessoas e dá conselhos. Mas o que acontece durante esses telefonemas? Que circunstâncias os precedem? E o que sucede depois?

Este livro conta-lhe 20 histórias, todas verdadeiras, que descrevem o fenómeno mais original e curioso do pontificado de Francisco, relevando a sua ternura, de que tanto se fala. Nos destinatários das suas chamadas, cada um de nós reconhece um pouco de si: há mães, pais, crianças, padres, reclusos, refugiados, personalidades públicas. E cada um aprenderá o que é a «ciência do carinho».

«Eu sou assim, sempre agi assim, mesmo em Buenos Aires. Recebia uma mensagem, uma carta de um padre em dificuldades, de uma família ou de um preso, e telefonava. Para mim, é muito mais simples telefonar, informar-me do problema e sugerir uma solução, se esta existir.» - Papa Francisco

Rosario Carello é um jornalista italiano nascido em 1973.

Iniciou a sua atividade profissional na rádio, com 17 anos. Foi durante seis anos apresentador do programa religioso «A Sua Immagine», na estação de televisão italiana RAI. Em 2011, iniciou uma colaboração com o semanário de inspiração católica Famiglia Cristiana.

Em 2013, publicou uma biografia do Papa Francisco em 80 histórias.